Carunchos

A madeira é a mais versátil matéria-activa usada pelo Homem, desempenhando um papel primordial no desenvolvimento da civilização: ferramentas, barcos e meios terrestres de transporte, instrumentos musicais e edifícios, mobiliário e papel, são algumas das suas inúmeras aplicações. Qualquer delas pode ser destruída ou significativamente desvalorizada pelos carunchos da madeira.

O caruncho grande (hilotrupes bajulus, L.) é um dos mais importantes xilófagos em alguns países do sul da Europa, incluindo Portugal. Nos edifícios é frequente a sua localização na estrutura de madeira do telhado, o caruncho grande, com frequência, só se torna identificável depois de graves estragos na madeira; com efeito, sendo o espaço do telhado raramente vezes visitado, isto significa que a extensão dos estragos deve sempre ser determinada por um perito, uma vez que algumas vigas podem ter de ser substituídas ou reforçadas devido à diminuição de resistência ocasionada pelas galerias abertas pelas larvas do insecto.

Os carunchos pequenos mais representativos entre nós são: o Anobium punctatum, De Geer e Lictus sp.

O Anobium punctatum é uma espécie de xilófago, que ataca a madeira dos edifícios, ou do mobiliário, geralmente depois da madeira estar aplicada. A preferência do anóbio é pela madeira velha, é raro, com efeito, que a madeira seja atacada pelo anóbio com menos de 20 anos sobre o seu corte.
s apenas ao microscópico.

Tratamento

A madeira não se deteriora apenas com a idade; estes insectos, os carunchos, têm um papel primordial na deterioração das madeiras . Contudo a acção destruidora destes insectos pode-se evitar, os tratamentos preventivos e curativos da madeira são extremamente importantes.
Para o tratamento podem-se utilizar métodos como a fumigação de insecticidas.