Homepage
           A Empresa
           Haccp
           Infestantes
                     Baratas
                     Ratos
                     Formigas
                     Térmitas
                     Ácaros
                     Caruncho
                     Mosquitos
                     Carraças
                     Pulgas
                     Processionária
                     Traça
                     Bicho-de-conta
                     Peixinho Prata
                     Outros
           Épocas das Infestações
           Deservagem
           Monda Quimica
           Armadinhas para insectos
           Orçamentos
           Localização
           Contactos
  Novidades

    Nova Praga:
      Escaravelho da Palmeira

Térmitas ou formiga branca

Térmitas

As térmitas ou formigas brancas são insectos. Vivem em sociedades, às vezes relativamente simples e consistindo de pequeno número de indivíduos (Calotermes e Cryptotermes sp.), mas outras vezes complexas e contando milhões de indivíduos. Este tipo de infestações é de extraordinária importância nas regiões quentes e temperadas.

As térmitas alimentam-se de material vegetal, o mais importante sendo a celulose - um dos principais constituintes da madeira; ainda outros materiais de construção podem ser danificados pelas térmitas no seu esforço para achar celulose; porque há mais de 1800 espécies de térmitas, a sua identificação é uma árdua tarefa, mas na prática a sua classificação divide-se em 2 grandes grupos:

  • Térmitas subterrâneas: Que se mantém em conexão com o terreno e usualmente requerem alto grau de humanidade.
  • Térmitas das madeiras secas: Que não requerem ligação com o terreno e vivem apenas da madeira seca; são sobretudo encontradas nas áreas marítimas e de baixa altitude. 

A térmita mais frequente entre nós são: a Reticulitermes lucifugus (rossi) - térmita subterrânea e a Cryptotermes brevis - térmita das madeiras secas.

Como se combate
Se possui térmitas na sua propriedade, todas as nossas considerações acerca das destruições que ocasionam são desnecessárias ….
As estruturas de cimento, metal ou vidro de um edifício não são necessariamente à Prova de térmitas, pois estas podem danificá-las no seu acesso ao material na construção dum edifício também não impede a possibilidade dos estragos das térmitas. Por isso, nos países mais avançados, faz-se o tratamento anti-termítico do terreno como medida pré-construção contra as térmitas.

Todo o tratamento deve ser precedido duma rigorosa prospecção para identificar os locais da infestação e a espécie de térmitas em causa; no caso das térmitas subterrâneas, a destruição da ligação do acesso ao edifício por uma barreira estrutural ou química é um passo fundamental do tratamento.

Completam-se estas medidas com o tratamento das madeiras atacadas, sobretudo ao nível do solo, usando um soluto preservativo com o bom poder de penetração na madeira.

  
Peste Control do Algarve, Lda.   (+351) 289 395 785
NETEURO©2009